26 de junho de 2016

Pela terceira vez, Maria Reciclona é destaque na sessão Planeta Melhor da "Revista Na Mochila".

A edição 45 da Revista Na Mochila, distribuída neste mês de junho, está cheia de informações sobre saúde, alimentação, educação, psicologia e muitas outras sobre o universo infantil. Dicas valiosas para os papais e as mamães. 


A  educação voltada para um planeta melhor, abordando a sustentabilidade e o consumo consciente também é assunto em todas as edições. E pela terceira vez um tutorial criado pela Maria Reciclona, com dicas de como se pode transformar resíduos em um divertido brinquedo, foi publicado nas páginas da revista.
Desta vez, foi a vez de um Pebolim confeccionado com reutilização de caixa de papelão, palito de churrasco, tampas de detergente e outros resíduos.

Veja abaixo como está a publicação e confira a matéria no site. Lá você poderá ler também um pouco da história desta modalidade esportiva e as regras que são adotadas em diferentes formas de jogar.

Mais uma vez fico imensamente feliz de ser convidada a ser parceira de uma publicação tão especial como a Revista Na Mochila.

Aguardem. Em breve estaremos juntas novamente.





22 de junho de 2016

MINHAS "XILOGRAVURAS". Como fiz uma imitação desta famosa técnica, utilizando material reciclavél.

A xilogravura é a técnica da gravura em que se utiliza uma matriz em madeira para a obtenção de reproduções da imagem gravada. 
A gravação da imagem se dá de forma manual, esculpida na madeira. Posteriormente a imagem é reproduzida para ilustrar folhetos, livros, camisetas, cerâmicas decorativas, etc. Uma grande quantidade destas imagens estão nos folhetos da literatura de Cordel.

Gravação - Imagem: internet
Xilogravura: imagem internet
Impressão - Imagem: internet



O primeiro vestígio da xilografia data do século VIII na China, com a reprodução de imagens budistas e livros xilográficos. A gravura Europeia data do século XIV. A mais antiga xilo Europeia que se conhece e a "Bois protat" de 1370.
No Brasil, a xilografia chegou sistematicamente com a vinda da Família Real em 1808, que trouxe consigo a imprensa régia, que dispunha de muitas matrizes xilográficas.

Cordeis ricamente ilustrados com o processo xilográfico.
A xilo foi utilizada por muito tempo para ilustrações de periódicos como jornais. Um exemplo é o Jornal "O mossoroense". Um dos mais antigos jornais em atividade no Brasil, continha xilogavuras como vinheta e ilustrações,elaboradas pelo seu dono João da Escóssia.
No nordeste brasileiro foi que se desenvolveu uma das mais singulares e representativas formas da xilo no mundo. A xilogravura popular ligada ao folheto de cordel adquiriu uma identidade própria. Geralmente feita pelos cordelistas, gerou grandes nomes com J.Borges,Abraão Batista e Dila.

Eu sou uma grande apreciadora destas artes (tanto do Cordel quanto da Xilogravura) e resolvei praticar um pouquinho desta técnica utilizando uma forma improvisada e bem mais simples de "imitar" esta arte tão nobre.
Veja como fiz minhas primeiras estampas em tecido cru e reutilizando embalagens de isopor e tinta para tecido.


Materiais utilizados:

- Placa ou bandeja de isopor
- Caneta ou outro objeto como um palito para marcar o desenho
- Tinta para tecido (ou guache se for estampar em papel)
- Rolo de espuma



- Comece desenhando sobre a placa o que tenha escolhido como motivo para sua estampa.
- Force levemente a caneta ou o palito para que as linhas fiquem bem demarcadas.
(Aqui mostro a placa depois de utilizada com resíduos da tinta preta para que a imagem marcada ficasse mais evidente na foto).


-Com o auxílio do rolinho espalhe a tinta sobre a placa de isopor e como se fosse um carimbo transfira a imagem para o destino papel, tecido, parede ou uma embalagem que queira decorar. ( Na foto verá que eu utilizei um tecido cru ) . Deixe a tinta secar .




19 de junho de 2016

Núcleo Maria Reciclona recebe Eco troféu na V edição da Feira de Reciclados Eco Ações Unidas.

Bete Rosa e Mazza Pena na entrega do Eco Trofeu durante a V Feira de Reciclados Eco ações Nidas
Na quinta edição da Feira de Reciclados Eco Ações Unidas, realizada nos dias 16 e 17 deste mês, os organizadores trouxeram mais uma novidade: a entrega do ECO Troféu  que tem por finalidade homenagear cidadãos e organizações que promovem ações relevantes para um meio ambiente e uma sociedade melhor e mais harmônica. Pessoas que de alguma forma contribuem para o mundo que queremos.

Na primeira ediçaõ deste prêmio, o Maria Reciclona - Núcleo de ações para sustentabilidade teve a grande surpresa e enorme alegria de ser um dos três eleitos para receber esta homenagem. 
Bete Rosa e Fabiano Alves   

 
Bete Rosa, Leônidas José de Oliveira. e Léo Piló
Também receberam o troféu o engenheiro Fabiano Alvares, vice-presidente da Associação de Moradores do Bairro Floresta FloLeste, responsável pela implementação de projeto modelo de coleta seletiva porta a porta, além do Presidente da Diretoria Executiva da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, Leônidas José de Oliveira.

A solenidade de entrega aconteceu na sexta-feira, 17 de junho, no Conservatório UFMG durante a Feira de Reciclados Eco Ações Unidas. O evento contou com a presença de vários convidados, além dos artistas/artesãos que estiveram expondo utilitários, objetos de decoração, acessórios, vestuário e outras peças confeccionadas com reutilização de materiais e processos sustentáveis.


Foi um momento realmente muito especial. Ter o trabalho reconhecido por pessoas engajadas nas causas sócio ambientais e tão competentes e talentosas como a artesã e coordenadora da Eco Ações Unidas, Elizabete Rosa e do artista plástico Léo Piló, e todos os demais responsáveis pela produção deste evento, faz valer muito cada minuto dedicado aos trabalhos e ações que buscamos promover.


Agradeço por esta indicação e, principalmente, pela alegria e enorme incentivo que este troféu me traz. Meu agradecimento só pode ser traduzido através da renovação do compromisso de continuar lutando por um mundo ambientalmente mais equilibrado, economicamente mais viável e socialmente mais justo.

Mazza Pena e Léo Piló, reconhecido artista plástico, criador dos Eco troféus e um dor organizadores do Evento.
 Leônidas José de Oliveira. Bete Rosa, Mazza Pena, Léo Piló e Fabiano Alves.

ECO Troféu - Criação Léo Piló.

V Edição da Feira de Reciclados.


15 de junho de 2016

Comemorando a Semana do Meio Ambiente com oficinas de educação ambiental.


O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia.
Através do Decreto Federal 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também estabeleceu que neste período em todo território nacional se promovesse a Semana Nacional do Meio Ambienteque tem por finalidade apoiar a participação da comunidade nacional na preservação do patrimônio natural do País.
O Dia Mundial do Meio Ambiente, também denominado WED, chama a atenção e ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental. 

Também várias empresas consideram esta data importante para difundir suas políticas e práticas sustentáveis e mobilizar seus colaboradores em torno de ações de educação ambiental.
Na sexta. 10 de junho ministramos mais um oficina de educação ambiental contratada pela GE Power, em Betim - MG. O evento fez parte do calendário comemorativo da Semana do Meio Ambiente promovido pela empresa. 


Durante a oficina, os colaboradores receberam várias informações sobre o material tetrapack e puderam conhecer muitos objetos resultantes de sua reciclagem e também sugestões de como reutiliza-lo de forma criativa. 

As duas horas de oficina, possibilitaram que dezenas de caixas tetrapack  fossem então transformadas em  40 porta objetos para escritório (para acondicionar canetas, lápis etc). 
O belo trabalho todo customizado foi desenvolvido pelas mãos dos colaboradores da empresa inscritos na oficina (sob minha tutoria). 


E assim, felizmente concluimos mais uma semana compartilhando ideias e ideais por um mundo mais sustentável.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...